Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notas à imprensa > 2019 > 11 > Paulo Guedes: transformação do Estado é pauta social

Economia

Paulo Guedes: transformação do Estado é pauta social

Plano Mais Brasil

Durante 38º Encontro Nacional de Comércio Exterior, ministro reforçou compromisso com gerações futuras e defendeu o Pacto Federativo
por publicado: 22/11/2019 16h49 última modificação: 22/11/2019 19h49

Enaex 2019

“A transformação do Estado é para o social; é para a saúde, para o saneamento, para a educação, para a segurança”, afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta sexta-feira (22/11), em pronunciamento no 38º Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex 2019), realizado no Rio de Janeiro pela Associação de Comércio Exterior do Brasil. Em defesa do Pacto Federativo, apresentado ao Congresso Nacional no último dia 5 de novembro, o ministro enfatizou: “Não vamos hipotecar as gerações futuras por falta de coragem de enfrentar o desequilíbrio fiscal. Não aceitamos isso”. 

Paulo Guedes salientou que a descentralização e a transferência de recursos para estados e municípios permitirão que a classe política recupere os orçamentos públicos. “O povo vive nos estados e nos municípios. Não adianta a União se recuperar, e os estados e municípios, não. O prefeito sabe do que o município precisa. O governador sabe do que o estado precisa. O Pacto Federativo é o fortalecimento da democracia brasileira”. 

O ministro observou em seu pronunciamento que a entrega do Pacto Federativo, “construído cooperativamente” com o Legislativo, marcou um momento de grande colaboração entre os poderes, e que a classe política entendeu que é preciso dar “resiliência” à economia brasileira. “Essa é a nova política, feita em cima de grandes diagnósticos: saúde, segurança, abertura de mercado, privatizações, desinvestimentos para a derrubada de juros”, destacou. 

Sobre as consequências das reformas no cotidiano do país, Paulo Guedes frisou: “Queremos uma grande classe média emergente, com dignidade do emprego, sem assistencialismos. Queremos livre iniciativa, liberdade econômica,  transferência de renda legítima e menos impostos”.  

Brasil no cenário internacional 

Na quinta-feira (21/11), o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, participou do Enaex 2019. Ele falou sobre o Brasil no cenário internacional pós-reformas estruturais e acordos comerciais. 

O Enaex possibilita a discussão, análise e criação de proposições para a expansão competitiva e sustentável do comércio exterior. Durante dois dias, o evento reúne representantes de toda a cadeia de negócios do comércio internacional e do governo em palestras, debates, painéis e mesas-redondas. Nesta edição de 2019, o encontro teve como tema central “Produtividade e competitividade abrindo mercados externos”.