Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 04 > Prazo para empresas do Simples Nacional cadastrarem seus trabalhadores no eSocial começa hoje (10/4)

Economia

Prazo para empresas do Simples Nacional cadastrarem seus trabalhadores no eSocial começa hoje (10/4)

eSocial

Nesta fase, os empregadores enviarão informações relativas aos trabalhadores e seus vínculos trabalhistas
por publicado: 10/04/2019 14h07 última modificação: 10/04/2019 14h07

Começa nesta quarta-feira (10/4) o prazo para os integrantes do terceiro grupo do eSocial –  composto por empregadores  optantes pelo Simples Nacional, empregadores pessoa física (exceto doméstico), produtor rural pessoa física e entidades sem fins lucrativos –  cadastrarem seus trabalhadores no eSocial.

A fase de cadastramento consiste no envio dos chamados eventos não periódicos que compreende informações relativas aos trabalhadores e seus vínculos trabalhistas. Ex: admissões, afastamentos e desligamentos.

Essa fase terá duração de 90 dias para que os empregadores do grupo três possam se organizar e enviar os dados solicitados de forma compassada e efetiva.

Os microempreendedores individuais e os segurados especiais terão disponibilizados módulos simplificados para cumprir com o envio dos eventos ao eSocial. Os portais simplificados, nos quais os dados são inseridos diretamente na internet, estarão à disposição a partir do dia 16 de abril de 2019. Importante ressaltar que o uso desses portais é facultativo neste momento, já que para os MEIs e segurados especiais a exigibilidade somente se aplica a partir de outubro de 2019. 

O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) já conta com 30 milhões de trabalhadores cadastrados. Com a efetivação do cadastro dos 16 milhões de trabalhadores esperados nessa fase do cronograma de implantação do Sistema, o eSocial abrangerá o total de 46 milhões de trabalhadores registrados em sua base de dados. 

O eSocial tem como objetivos, entre outros, simplificar processos, garantir maior segurança jurídica e maximizar o tempo ao reduzir a entrega de diversas obrigações por apenas uma operação. 

Para o trabalhador, o eSocial pretende garantir a maior efetividade de direitos trabalhistas e previdenciários e maior transparência referente às informações de contratos de trabalho. 

Acesse o portal do eSocial e saiba mais.