Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 06 > Pregoeiro virtual ajudará no combate a fraudes em licitações

Economia

Pregoeiro virtual ajudará no combate a fraudes em licitações

Transformação digital

Ferramenta de inteligência artificial será lançada para testes até o final deste ano
por publicado: 11/06/2019 18h33 última modificação: 11/06/2019 18h33

Os mais de 18 mil pregoeiros cadastrados no sistema de licitações do Governo Federal terão, até o final deste ano, acesso à versão de teste de um assistente virtual para auxiliar a tomada de decisões nas compras públicas brasileiras. A ferramenta de inteligência artificial alertará para casos de risco de fraudes, indícios de conluios e também identificará oportunidades de melhores preços na aquisição de bens e contratação de serviços comuns.

Desenvolvido pela Secretaria de Gestão do Ministério da Economia, o projeto está em fase de coleta e análise de dados para a construção de robô. Até o fim do ano, os pregoeiros poderão acessar uma primeira versão da solução.

Segundo o secretário de Gestão, Cristiano Heckert, o intuito é que, gradativamente, seja ampliada a integração da inteligência artificial com outras plataformas do Governo Federal e também com outros sistemas usados pelos estados e municípios. Em 2020, a versão completa da solução tecnológica estará disponível no portal de compras públicas do Governo Federal – o Comprasnet.

Dados analisados

Compras realizadas, denúncias de fraudes anteriores, empresas penalizadas, legislações mais aplicadas e preços praticados no mercado são alguns dos dados analisados para integrar a solução. “Estamos construindo mais de 40 trilhas, com base em dados sobre o comportamento dos fornecedores em décadas de licitações. Isso permitirá o desenvolvimento de uma robusta inteligência virtual”, ressalta Heckert.

Uma das trilhas desenvolvidas integra dados de empresas impedidas de participar de licitações ou penalizadas com multas, suspensões e advertências. Assim, serão definidos padrões de aplicação das penalidades para que, no futuro, seja possível a aplicação automática por meio da inteligência artificial.

Outra funcionalidade será a possibilidade de prever possível infração de uma empresa com base em comportamentos anteriores e alertar o gestor público sobre futuras penalidades em licitações e contratos.

Entidades sem fins lucrativos

Será possível, ainda, monitorar empresas e entidades sem fins lucrativos que fornecem materiais e serviços para a administração pública. O robô irá auxiliar o pregoeiro a identificar, por exemplo, se a empresa já faturou mais do que o permitido para usar benefícios de políticas públicas para micro e pequenas empresas.

São utilizadas técnicas de ciência de dados, organização compartilhada de códigos e cruzamento de bases do governo federal por meio de parcerias com outros órgãos como Controladoria-Geral da União, Tribunal de Contas da União e Receita Federal.

“O pregoeiro receberá alertas desde a fase de cadastramento da proposta até o final do processo licitatório”, explica o secretário de Gestão. De janeiro a dezembro de 2018 cerca de 80 mil fornecedores participaram de mais de 103 mil contratações no Comprasnet.

“A solução irá auxiliar na homologação de um grande número de fornecedores e, assim, garantir o cumprimento da legislação de compras públicas”, complementa o secretário de Gestão.