Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 07 > Grupo de trabalho deve aprimorar empréstimo consignado no país

Economia

Grupo de trabalho deve aprimorar empréstimo consignado no país

Crédito consignado

Assinado por cinco órgãos do governo federal, documento tem foco na proteção do consumidor
por publicado: 24/07/2019 13h20 última modificação: 24/07/2019 16h34

Portaria assinada nesta quarta-feira (24/7) por cinco órgãos do governo federal deve aprimorar todo o processo de concessão de empréstimos consignados no país. Com a criação de um Grupo de Trabalho Interinstitucional (GTI) dedicado ao tema será feito um diagnóstico sobre a oferta dos créditos, além de uma análise dos problemas relacionados ao assédio indevido por parte das instituições financeiras e ao vazamento de informações. 

Fazem parte do GTI a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, o Banco Central e a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev). O grupo fará também estudos sobre os limites da publicidade e propaganda relacionados à oferta de crédito consignado e discutir boas práticas nacionais e internacionais sobre o processo de oferta de crédito consignado a beneficiários do INSS. 

Elaborar um levantamento sobre as situações de abuso que ocorrem hoje e proteger o cidadão brasileiro são objetivos do grupo, afirmou o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho. “Esse grupo de trabalho tem uma missão nobre de proteger o cidadão e o consumidor brasileiro, principalmente os mais vulneráveis, caso dos aposentados rurais e dos que recebem BPC (Benefício de Prestação Continuada)”, afirmou. 

Cooperação 

Na mesma cerimônia, dois acordos foram assinados: um para compartilhamento de informações da plataforma consumidor.gov.br e outro para a troca de informações e a realização de ações conjuntas de educação e inclusão financeiras, bem como a proteção e defesa do consumidor de produtos e serviços financeiros.

Além de Rogério Marinho, participaram da cerimônia no Salão Negro do Ministério da Justiça e Segurança Pública o secretário Nacional do Consumidor, Luciano Benetti Timm; o presidente do INSS, Renato Vieira; o diretor de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta do Banco Central do Brasil, Mauricio Moura; e a presidente da Dataprev, Christiane Almeida Edington.