Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 08 > Ministério da Economia divulga resultado do 4º ciclo de avaliação das estatais federais

Economia

Ministério da Economia divulga resultado do 4º ciclo de avaliação das estatais federais

Governança

De 61 empresas avaliadas, 14 obtiveram nota máxima e receberam certificados do IG-SEST nesta sexta-feira
por publicado: 09/08/2019 13h09 última modificação: 09/08/2019 18h57

A Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), vinculada à Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, divulgou nesta sexta-feira (9/8) os resultados da 4ª Certificação do Indicador de Governança IG-SEST, instrumento de acompanhamento contínuo da governança das empresas federais de controle direto da União. Neste 4º ciclo, foram avaliadas 61 empresas.Dessas, 14 receberam a nota máxima:

  1. Banco do Brasil
  2. BB Gestão de Recursos - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A (BB DTVM)
  3. BB Seguridade
  4. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
  5. Banco do Nordeste
  6. Caixa Econômica Federal
  7. Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec)
  8. Centrais Elétricas Brasileiras S.A (Eletrobras)
  9. Empresa de Pesquisa Energética (EPE)
  10. Grupo Hospitalar Conceição
  11. Petróleo Brasileiro S.A (Petrobras)
  12. BR Distribuidora
  13. Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e
  14. Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A (Trensurb).

A média geral das notas neste 4º ciclo foi de 8,48, o que representou melhoria de 16% em relação ao índice anterior, quando a média foi de 7,30. 

Infográfico sore o Indicador de Governança das empresas estatais federais

Transparência
O secretário-executivo adjunto do Ministério da Economia, Miguel Ragone de Mattos, ressaltou que esse indicador dá transparência às empresas. “Com essa métrica, é possível dar transparência, mas como mecanismo de indução para que as empresas tenham a melhor governança possível. O Brasil merece ter os melhores serviços possíveis, a melhor administração que a gente possa dar”, disse.

Para o secretário de Coordenação e Governança da Empresas Estatais, Fernando Soares, a melhoria nos resultados das empresas estatais é fruto do trabalho de governança que vem sendo realizado. “Ela consegue ser transformadora numa boa sociedade empresarial. Um dos princípios da secretaria é a transparência, seja para o bem, seja para o mal. Essa é mais uma engrenagem nesse processo para atender a sociedade brasileira”, declarou.

Avaliação passará a ser anual
Soares também informou que, a partir do próximo ciclo, o 5º, a avaliação passará a ser anual. Até agora, os ciclos eram semestrais – o primeiro teve seus resultados divulgados em novembro de 2017. Além disso, também deverá ser feita a unificação e simplificação dos processos de avaliação de governança e incluído um número maior de subsidiárias.

O diretor de avaliação e governança das empresas estatais, Ricardo Faria, afirmou que a Sest trabalha para melhorar os instrumentos de avaliação. “O objetivo do indicador é melhorar continuamente os instrumentos de governança das estatais, a fim de dar ao pagador de impostos a transparência e o devido comando das companhias”.



Confira como foi a entrega dos certificados do 4º ciclo de Certificação do Indicador de Governança (IG-SEST)

Certificação do IGSEST na esplanada dos ministérios Bloco K, Brasilia DF - 09-08-2019