Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 10 > Secretário de Fazenda destaca aprovação de leilão de cessão onerosa pelo TCU

Economia

Secretário de Fazenda destaca aprovação de leilão de cessão onerosa pelo TCU

Cessão onerosa

Waldery Rodrigues reforçou que recurso será relevante para melhorar os resultados fiscais da União
por publicado: 09/10/2019 16h33 última modificação: 09/10/2019 19h33

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Junior, participou, nesta quarta-feira (9/10), da sessão em que o plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou a proposta do governo federal para o leilão de volumes excedentes ao contrato da cessão onerosa do Pré-Sal. 

Waldery representou o ministro da Economia, Paulo Guedes, na ocasião, em que também estiveram presentes o secretário-executivo adjunto do Ministério de Minas e Energia (MME), Bruno Eustáquio, e a secretária adjunta de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis da pasta, Renata Isfer, que representavam o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.  

O secretário especial de Fazenda destacou o trabalho de coordenação que resultou na aprovação do leilão pelo TCU. “O Poder Executivo Federal trabalhou em coordenação entre as várias pastas envolvidas, mas também com o Congresso Nacional, com o TCU e com a sociedade, em uma discussão que amadureceu ao longo do tempo. Desde a transição, em outubro do ano passado, esse tema entrou na pauta do atual governo e é um dia histórico para o país, com fortíssimo impacto para o emprego e a renda”, disse.  

Cessão onerosa

O leilão está previsto para o próximo dia 6 de novembro e deverá ser o maior do gênero já realizado no mundo. A arrecadação potencial com o bônus de assinatura é de R$ 106 bilhões, recurso que será relevante para melhorar os resultados fiscais da União.