Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 11 > Estudo da SPE aponta crescimento do PIB impulsionado pelo setor privado

Economia

Estudo da SPE aponta crescimento do PIB impulsionado pelo setor privado

Política econômica

No segundo trimestre de 2019, o PIB privado teve crescimento interanual de 1,69% enquanto o PIB público apresentou queda de 1,56% no mesmo período
por publicado: 11/11/2019 15h35 última modificação: 11/11/2019 17h01

No segundo trimestre deste ano, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil registrou crescimento de 1% em comparação com o mesmo trimestre do ano passado. Esse resultado foi impulsionado pelo aumento dos gastos de investimento do setor privado.  É o que aponta estudo elaborado pela Secretaria de Políticas Econômicas (SPE), do Ministério da Economia, que fez a decomposição do PIB e verificou que o PIB privado teve crescimento interanual de 1,69%, enquanto o público teve queda de 1,56% no período. Os dados fazem parte da Nota Informativa – Retomada Via Setor Privado, divulgada nesta segunda-feira (11/11).

O secretário de Políticas Econômicas, Adolfo Sachsida, aponta que o resultado reflete a retomada na confiança dos agentes econômicos, motivada por medidas como a aprovação da Nova Previdência (PEC 06), a redução de juros, a liberação do FGTS e as reformas estruturantes que foram encaminhadas recentemente pelo governo ao Congresso Nacional, dentro do Plano Mais Brasil.

 “Estamos verificando um crescimento sustentável de longo prazo, sem pressionar as contas públicas e com ganho de produtividade para o País. É o setor privado capitaneando a retomada dos investimentos, que evidencia confiança e credibilidade na agenda econômica deste governo”, avaliou o secretário.

Segundo o subsecretário de Política Macroeconômica, Vladimir Kuhl Teles, há um cenário de retomada do investimento privado, que tende a ser mais benéfico para o País, uma vez que estimula o empreendedorismo e uma melhor alocação dos recursos.