Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 11 > SPU autoriza a venda de 19 imóveis da União em dois estados e no DF

Economia

SPU autoriza a venda de 19 imóveis da União em dois estados e no DF

Patrimônio da União

Expectativa de arrecadação com a venda dos bens é de R$ 26 milhões
por publicado: 04/11/2019 20h22 última modificação: 04/11/2019 20h23

A Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União do Ministério da Economia (SPU/ME) autorizou a venda, na modalidade de concorrência pública, de mais 19 imóveis da União. A expectativa de arrecadação é de R$ 26 milhões.

Conforme as Portarias nº 7.941 e 8.012, publicadas no Diário Oficial da União desta segunda-feira (4/11), os bens estão localizados nos estados do Paraná, Rio Grande do Norte e no Distrito Federal.

O portfólio inclui nove apartamentos nas Asas Norte e Sul e uma casa e dois terrenos no Lago Sul, em Brasília (DF). Constam também um terreno em Maringá (PR); um armazém em Natal (RN), um prédio no município de Pau dos Ferros (RN) e quatro terrenos em Mossoró (RN).

Processo de venda

Os ativos disponíveis passaram por triagem do Comitê Central de Alienação de Imóveis da União (CCA), instância decisória da SPU/ME para propostas de venda e permuta. Em outubro, o CCA já havia selecionado outros 28 imóveis que reuniram condições para chamada de venda por editais nos estados de Alagoas, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Rio de Janeiro, além de Brasília.

Até o momento, são 47 bens de propriedade da União em condições de venda por meio de concorrência pública, avaliados, no total, em cerca de R$ 72 milhões. A SPU/ME está preparando os editais desses ativos por meio de suas superintendências nos estados e no Distrito Federal.

Saiba mais

Governo define novas diretrizes para a venda de imóveis da União
Governo anuncia a venda de 28 imóveis da União em seis estados e no DF