Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Fevereiro > Ouvidoria da Economia atendeu meio milhão de manifestações em 2019

Economia

Ouvidoria da Economia atendeu meio milhão de manifestações em 2019

ATENDIMENTO

Em média, são mais de 43 mil ocorrências por mês cadastradas pela internet, telefone, carta ou presencialmente
por publicado: 03/02/2020 14h35 última modificação: 03/02/2020 18h57

As manifestações de cidadãos por meio dos canais de atendimento da Ouvidoria do Ministério da Economia (ME) – internet, telefone, carta e presencial – somaram 520 mil registros em 2019. Em média, são mais de 43 mil ocorrências por mês na mesma Ouvidoria que ficou responsável por atender às demandas dos antigos ministérios da Fazenda; Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; Indústria, Comércio Exterior e Serviços; e Trabalho e Emprego. A Ouvidoria do Ministério da Economia também é responsável por atender, em parceria com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), os temas relacionados à Previdência.   

“Ao intermediar as relações entre os cidadãos e os órgãos da instituição, a ouvidoria tem um papel importante para ampliação da cidadania e para a gestão da Pasta, seja na melhoria da qualidade dos serviços oferecidos, seja para promover o controle sobre a administração pública, ao propiciar a fiscalização direta de suas ações, por intermédio do controle social”, afirma o ouvidor do Ministério da Economia, Carlos Augusto Araújo. 

Dentro do ME, a Ouvidoria é o setor responsável por receber as manifestações dos cidadãos que englobam denúncias, reclamações, elogios, sugestões, pedidos de informação e solicitações de simplificação de serviços públicos. 

Além do atendimento das diversas manifestações, a Ouvidoria é responsável também pelos pedidos de acesso a informações (Lei de Acesso à Informação) e por requerimentos referentes à simplificação de serviços públicos prestados pelos órgãos e autarquias do ministério (Simplifique!).

 Canais de atendimento 

São quatro as opções oferecidas a cidadãos para registro, acompanhamento e retorno das manifestações e demais solicitações. O autoatendimento da internet é o canal mais acessado. As demandas previdenciárias (INSS e CRPS) são cadastradas no SOU-Web, enquanto os demais assuntos (Receita, por exemplo) são pelo SisOuvidor .

Por telefone, basta discar 135 de qualquer telefone fixo ou móvel para demandas previdenciárias ou 158 para solicitações trabalhistas. Para outros assuntos, o atendimento é pelo 0800 702 1111.

As solicitações por correspondência devem ser enviadas para o Ministério da Economia, Bloco F. O atendimento presencial, somente na capital federal, é no edifício anexo ao bloco F, ala A, da Esplanada dos Ministérios. O horário de atendimento é das 8h30 às 17h.