Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 04 > Tesouro Direto reduz spread do Tesouro Selic para 0,01% ao ano

Economia

Tesouro Direto reduz spread do Tesouro Selic para 0,01% ao ano

Tesouro

Medida representa mais um passo importante na redução dos custos de aplicação no Tesouro Selic
por publicado: 05/04/2019 16h43 última modificação: 05/04/2019 16h43

O Tesouro Nacional está reduzindo a diferença entre a taxa de investimento e a taxa de resgate – conhecida como spread de compra e venda – do Tesouro Selic de 0,04% para 0,01% ao ano (ou 1 ponto-base). Essa alteração é parte do contínuo processo de aprimoramentos no Tesouro Direto e terá como resultado a redução dos custos de aplicação para o investidor e, consequentemente, o aumento de sua rentabilidade líquida.

 O spread justifica-se pela necessidade de evitar que as oscilações dos preços praticados no mercado secundário, que servem de referência para o Tesouro Direto, resultem em perdas para o investidor ou para o Tesouro Nacional.

 Agora, com a evolução do Programa e por meio de desenvolvimentos tecnológicos e operacionais, o Tesouro Direto reduz o spread, criando mais flexibilidade para o investidor que precisa resgatar seu Tesouro Selic antes do prazo de vencimento. O novo spread passa a valer a partir desta sexta-feira, 5 de abril de 2019.

 A redução do spread potencializa o impacto positivo da rentabilidade do Tesouro Selic. Dessa forma, o Tesouro Nacional reafirma seu compromisso em proporcionar à população um investimento atraente, com custos cada vez menores, em um ambiente de redução das taxas de juros na economia brasileira.