Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 11 > Secretaria de Política Econômica completa 27 anos de atuação e aponta prioridades da atual gestão

Economia

Secretaria de Política Econômica completa 27 anos de atuação e aponta prioridades da atual gestão

Institucional

Secretaria é responsável pela elaboração de estudos e pela formulação de políticas econômicas
por publicado: 19/11/2019 20h20 última modificação: 20/11/2019 12h18

19/11/2019 - 27º Aniversário SPE

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia comemorou 27 anos nesta quarta-feira (19/11). Em evento que contou com a participação de servidores e jornalistas, o secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, reiterou que as prioridades da atual gestão da área são contribuir para o ajuste fiscal, combater a má alocação de recursos (misallocation) e elevar a produtividade de todos os setores da economia.

Apresentação - 27 anos da SPE
Apresentação - Crescimento econômico com disciplina fiscal

Sachsida afirmou a importância da SPE, sobretudo no governo atual, em razão da sua contribuição com estudos e análises técnicas responsáveis por fundamentar propostas de políticas econômicas, bem como medidas que já repercutem positivamente na economia brasileira, como a reforma da Previdência – promulgada pelo Congresso Nacional no dia 12 deste mês – e a criação de novas modalidades do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

“A reforma da Previdência já é uma realidade e, como projetamos, os reflexos otimistas no mercado já são notados. Na questão do FGTS, é impressionante o número de adesões à modalidade saque-aniversário. Mais de 800 mil trabalhadores já aderiram. São 15 mil migrações solicitadas por dia, com saldo de recebíveis de R$ 1,19 milhão da primeira parcela a ser sacada em 2020. O valor total ultrapassa R$ 6 bilhões nas contas do FGTS que irão direto para as contas do trabalhador”, destacou.

Publicações

O subsecretário de Política Macroeconômica, Vladimir Kuhl Teles, salientou a importância das publicações mensais editadas pela Secretaria, que permitem o acompanhamento dos dados macroeconômicos.

Citou como exemplo os diversos boletins e relatórios, além das projeções do Produto Interno Bruto (PIB) que agora contam com nova metodologia, separando o setor público do setor privado.

Homenagens

Durante a solenidade, foram homenageados por contribuições à Secretaria o deputado federal Hugo Motta; o ex-secretário da SPE João Manoel Pinho de Mello; o vice-almirante Anatalício Risden; o comandante Felipe Moreira Ferrão, ex-assessor da SPE; e a chefe de gabinete da Secretaria Especial de Fazenda, Raquel Amorim.

Também estavam presentes à cerimônia o secretário especial adjunto de Fazenda, Esteves Colnago; os subsecretários Marco Antônio Cavalcanti (Política Fiscal), Marcos Kohler (Direito Econômico), Rogério Boueri Miranda (Política Agrícola e Meio Ambiente); e a coordenadora-geral de Seguro e Previdência Complementar, Lígia Ennes Jesi.